header

102.º CLAIM abre no Instituto Politécnico de Viseu

09-08-2019
A Secretária de Estado para a Cidadania e a Igualdade, Rosa Monteiro, participou esta sexta-feira, dia 9 de julho, na abertura do 102º Centro Local de Apoio à Integração de Migrantes (CLAIM), no Instituto Politécnico de Viseu (IPV). O momento contou com a presença da Vogal do Conselho Diretivo do ACM, Romualda Fernandes, e do Presidente do IPV, João Monney Paiva, que assinaram o Protocolo de Colaboração entre as duas entidades.
O CLAIM do IPV, que irá funcionar nas instalações do próprio instituto, será o segundo existente numa universidade portuguesa e insere-se no âmbito de um Protocolo estabelecido entre o ACM e o Politécnico de Viseu, com o intuito de reforçar o apoio das entidades de ensino superior portuguesas no processo de integração de proximidade dos/as alunos/as migrantes.
As orientações gerais da política de internacionalização do ensino superior e da ciência e tecnologia, vieram dar um novo impulso à internacionalização do ensino superior português, através da promoção e, por isso, entende o ACM que, no seguimento desta política de internacionalização do Ensino Superior, será de interesse apoiar as instituições portuguesas no acolhimento e integração dos/as estudantes estrangeiros/as, nomeadamente com a criação de gabinetes CLAIM nas instituições de ensino superior.
O IPV acolhe um total de 250 alunos/as estrangeiros/as, representando os/as estudantes de ERASMUS uma média anual de cerca de 100 jovens, provenientes de 17 países europeus, sobretudo de Espanha, Lituânia, Polónia e Turquia. Os/as estudantes de Mobilidade Internacional, naturais de Países Terceiros, como a China, Brasil, Guiné-Bissau, Angola, Moçambique, Cabo Verde e São Tomé e Príncipe, perfazem um total de 150 jovens.
A aposta constante na Diversidade
A abertura deste novo espaço de apoio às pessoas migrantes é mais um passo em frente na parceria do ACM com o IPV que, já em 2016, aderia ao Programa Mentores para Migrantes, registando, neste momento, 12 mentores inscritos. A aposta do município de Viseu no apoio à Integração materializa-se ainda na adesão, desde 2014, à Rede de Municípios Amigos dos Imigrantes e da Diversidade (RMAD), criada pelo ACM com o intuito de promover o aprofundamento do conhecimento e reflexão das políticas locais, na perspetiva de adequar soluções a necessidades concretas, contribuindo para a definição de políticas públicas nacionais em matéria de Imigração. Neste seguimento, o município aplicou, no seu território, o Indice dos Municípios Amigos dos Imigrantes e da Diversidade (IMAD), como forma de recolher informação sobre as respostas, tais como iniciativas, serviços, programas e medidas, desenvolvidas pelas entidades públicas e privadas na área do acolhimento e integração dos imigrantes e seus descendentes.

Comentários

    Não existem comentários